Conecte-se conosco

Extra

Vereadores cobram melhorias para município de Brasileia durante 12ª Sessão

Publicado

em

Câmara de Brasileia realizou 12ª Sessão Ordinária de 2021

A Câmara Municipal de Brasileia realizou, na manhã do dia 18 de Maio, a 12ª Sessão Ordinária de 2021. Estiveram presentes os vereadores Elenilson Cruz (PT), Marinete Mesquita (PT), Jurandir Queiroz (PROS), Leomar Barbosa (PSD), Neiva Badotti (PSB), Rogerio Pontes (PROS), Lessandro Jorge (PT), Leonir Castro (PP) e o Vice-presidente da Câmara Marquinho Tibúrcio (MDB).

Em uso a Tribuna os vereadores solicitaram:

Vereador Elenilson Cruz (PT): O parlamentar no uso de suas atribuições, iniciou parabenizando o empenho do executivo por Brasiléia está em segundo lugar no estado do acre, na campanha de vacinação em combate a (Covid-19). Solicitou para a prefeitura de Brasiléia através da secretaria de obras os serviços de melhorias como patrulhamento e piçarramento para o ramal da esperança no KM 05 e entrada do ramal do balneário Jarinal até o Sr. Pedro Ramos.

Finalizou Reforçando o pedido de melhoria para a rua dos Catraieiros localizada no bairro Leonardo Barbosa, se em 02 meses o pedido não for executado o mesmo fará questão de gravar um vídeo com o vereador Leomar Barbosa (PSD) pedindo providencias para o local.

Vereador Jurandir Queiroz (PROS): O parlamentar no uso de suas atribuições, solicitou a prefeitura de Brasiléia através da secretaria de obras, os serviços de limpeza e capina na entrada do KM 07 no Silo Graneleiro.

Solicitou para o executivo que providencie o aterramento de uma entrada próximo a empresa Dom Porquito, pois está sendo aterrada com pó de madeira. Solicitou os serviços paliativos em um pequeno ramal que dá acesso onde vivem 15 famílias em chácaras nas proximidades do bairro Marcos Galvão II,  o parlamentar finalizou repudiando a forma desrespeitosa que o Presidente Nacional tratou o presidente do partido (PROS) no acre.

Vereador Leomar Barbosa (PSD): O parlamentar no uso de suas atribuições, iniciou dizendo que se responsabiliza pelas críticas e denúncias referente ao poder executivo e ressaltou que as denúncias são construtivas e sempre feitas com provas.

O vereador agradeceu ao prefeito de Epitaciolândia Dr. Sergio Lopes por Ceder a ambulância para o filho da presidente da câmara de Brasiléia, Arlete Amaral, que foi encaminhado para a capital Rio Branco por complicações da (Covid-19), sendo uma vergonha para o município de Brasiléia que não tem nenhuma ambulância. Solicitou para que o poder Legislativo encaminhe um documento para o executivo solicitado explicações do porque não usaram a emenda parlamentar do senador Sérgio Petecão para comprar a ambulância do município em 2017.

Vereador Lessandro Jorge (PT): O parlamentar no uso de suas atribuições, reforçou o pedido que foi feito no mês de março, sobre a melhoria da ladeira que dá acesso ao bairro Marcos Galvão próximo a antiga vila Brasília.

Solicitou urgentemente para a prefeitura de Brasiléia através da secretaria de obras os serviços paliativos no ramal do Juricaba, o local está em estado crítico para a passagem e escoamento para a produção, deixando os moradores isolados no referido ramal. Reforçou o pedido do Vereador Jurandir Queiroz, para que seja executado os serviços paliativos no ramal do seu Nenê Pedrosa, próximo ao bairro Marcos Galvão, finalizou colocando sempre seu mandando a disposição de toda a população.

Vereadora Neiva Badotti (PSB): a parlamentar no uso de suas atribuições, iniciou dizendo estar desamparada pelo seu partido no município, que desde a eleição o Vice-prefeito nunca a chamou para trata assuntos relacionados ao partido e que o Vice-Prefeito está apenas defendendo o mandato de sua carreira política, destacou a vereadora.  Em relação ao vídeo feito pelo executivo, pontuou que o principal objetivo foi em atacá-la por ter mostrado a verdade sobre o medicamento vencido na farmácia municipal, e não se preocuparam com a saúde da criança que ingeriu o medicamento.  Esclareceu que logo após a sessão, a mesma irá procurar a Polícia Federal, levando o vidro do medicamento para as medidas cabíveis, finalizou dizendo solicitar para que a PF, investigue todos os medicamentos recebidos nos últimos 4 anos.

Vereadora Marinete Mesquita (PT): a Parlamentar no uso de suas atribuições, reconheceu as ações que estão sendo feitas pelo executivo, principalmente sobre seus pedidos. Destacou o desempenho que a secretária de saúde está tendo junto com todos os profissionais, pois Brasiléia ocupa o 2° lugar no Estado, referente ao ranking de vacinação contra a COVID-19. Manifestou seu reconhecimento aos trabalhos que foram realizados no ramal da Electra KM 19, a mesma frisou que foi um pedido de insistência realizado em tribuna e o poder público chegou até lá.

Reiterou seu pedido de sessões passadas com relação aos repasses da educação, MEC, FNDE.

Vereador Rogério pontes (PROS):  O parlamentar no uso de suas atribuições, parabenizou os trabalhos que vem sendo executados pela prefeitura de Brasiléia através da Secretaria de assistência social, saúde, agricultura e obras. Finalizou dizendo que a prefeita Fernanda Hassem pode ser pequena em tamanho mais grande em coragem de trabalhar, pois é uma representante mulher que tem mostrado muito pelo munícipio.

Vereador Marquinhos Tibúrcio (MDB): o parlamentar no uso de suas atribuições, solicitou para a prefeitura de Brasiléia através da secretaria de obras que realize os serviços de aguamento com caminhão pipa na rua Antônio Almeida Campos, no bairro Alberto castro. Finalizou dizendo ter força o suficiente para cobrar e fiscalizar o poder executivo na execução dos projetos pendentes e em andamento.

Comentários

Extra

Exame da OAB aprova o maior índice de candidatos acreanos da história da prova unificada

Publicado

em

Taxa de aprovação do Acre de 29% foi a maior desde a instituição do Exame da Ordem Unificado (EOU) em 2010

Um total 29% dos candidatos acreanos que prestaram o 33º Exame da Ordem Unificado (EOU) realizado pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (CFOAB) – em 17/10/2021 (primeira fase) e 12/12/2021 (segunda fase) – foram aprovados. Trata-se do maior percentual de aprovação da história desde a unificação da prova em 2010.

O percentual corresponde a 142 candidatos dentre um total de 492 inscritos que realizaram a prova. Os números constam do relatório de desempenho ( https://bit.ly/39ikP7w) e também na tabela comparativa do exame ao final do texto.

O número supera as últimas duas edições da prova – 31 e 32 – quando as taxas de aprovação foram de 16%. Atualmente, a 34ª edição encontra-se em finalização de compilação de dados, enquanto a 35ª edição está em andamento e os dados devem ser divulgados no próximo ano.

Embora os números indiquem um aumento gradual no percentual de aprovados, o que indicaria uma melhora – ainda que tímida – na qualidade dos cursos de direito, o índice ainda é considerado baixo. A própria OAB Nacional tem reprovado boa parte dos cursos recém-autorizados pelo Ministério da Educação.

“Ainda precisamos avançar muito na formação de futuros advogadas e advogadas. A OAB tem o compromisso de lutar e contribuir com a modernização do ensino jurídico brasileiro, sem dispor de sua qualidade, eficiência e superioridade técnico-científica”, afirma o presidente da OAB Nacional, Beto Simonetti.

Do total de aprovados, 63 examinandos solicitaram o reaproveitamento de pontos da edição anterior (32º EOU) para ingressarem diretamente na segunda fase do 33º exame. O reaproveitamento se dá quanto à aprovação na 1ª fase (prova objetiva) de um determinado exame, para que o candidato possa prestar diretamente a 2ª fase (prova prático-profissional) do EOU imediatamente subsequente.

Dimensão

Para o presidente da Comissão Nacional de Exame de Ordem, Marco Aurélio Choy, a prova é um instrumento que confere equidade à advocacia. “É um case de sucesso por ser o maior concurso jurídico do mundo. Mudanças e novidades são pensadas sempre, com o intuito de melhorar a aplicação, mas tudo feito com parcimônia. O Exame de Ordem é, sem dúvida, um meio de suma importância para o Direito”, entende Choy.

No 33º EOU, 26 campi alcançaram 100% de aprovação no desempenho geral (contando o reaproveitamento), embora seja necessário ressaltar que, em algumas destas situações, apenas um aluno do curso foi inscrito, tendo conseguindo a aprovação. Nestas situações é necessário associar este dado a outros para se avaliar o desempenho da instituição. 

Histórico

A aprovação no Exame de Ordem Unificado é requisito para a inscrição nos quadros da OAB como advogado. O Exame de Ordem pode ser prestado por bacharel em direito, ainda que pendente apenas a sua colação de grau, formado em instituição regularmente credenciada. Poderão realizá-lo os estudantes do último ano do curso de graduação em direito ou dos dois últimos semestres.

Desempenho – Aprovação (Média histórica do Exame de Ordem Unificado)

A OAB

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (CFOAB) é a entidade de representação dos advogados brasileiros, com 1,3 milhão de profissionais registrados. A instituição é responsável pela regulamentação da advocacia, pela aplicação do Exame de Ordem dos advogados no país e, a cada gestão, divulga o Selo OAB Recomenda, com a lista dos cursos de direito que atendem aos requisitos mínimos de qualidade técnicos e éticos de sua prática profissional.


Assessoria de Imprensa do CFOAB - Novo Selo Comunicação
Assessores: Amanda Pereira 

Site: www.oab.org.br

Site: www.novoselo.com.br

 

Comentários

Continue lendo

Extra

Brasileiro preso em Cobija sofre com espancamentos e família é extorquida

Publicado

em

Presídio de Villa Busch é considerado uma terra sem leis e um dos piores do Pais – Foto/arquivo

Com informações de A Tribuna

Um dos presos bolivianos está exigindo que uma das irmãs de Edimar tenha relações sexuais com ele. Como a mulher, que é casada, disse não, ele foi espancado

A família de brasileiro Edimar da Silva, preso no presídio de Villa Bush, perto de Cobija, na Bolívia, pede socorro às autoridades dos dois países para acabar com a repetida extorsão contra o detento e sua família, recolhido desde outubro de 2021 em uma das celas desta que é considerada uma das piores prisões daquele país.

A última barbaridade foi a exigência dos presos bolivianos de que uma das irmãs do detento tenha relações sexuais com o líder do pavilhão. Como ela disse não, está recebendo fotografias do irmão todo machucado de pancadas.

Edimar Sabedra da Silva foi preso em Cobija, em outubro passado. Ele furtou fios de cobre da rede elétrica na cidade, mas, segundo a mãe, os policiais bolivianos colocaram no boletim de ocorrência o crime de tentativa de homicídio.

O sofrimento da família começou quando ele foi levado para o presidio Villa Busch. Outra irmã do preso, Sebastiana Sabedra, conta e mostra um vídeo que comprova que, logo no início, Edimar ficou 25 dias em uma pequena cela chamada de corretivo.

Depois que foi para junto dos outros presos começou uma série de extorsões, tanto da polícia boliviana, quanto dos outros presos. “Começamos a receber ligações telefônicas em que os detentos bolivianos obrigavam meu irmão a pedir dinheiro”, reclamou.

A mãe do preso, a Maria de Fátima, não para de chorar. Ela gasta todo o dinheiro da aposentadoria e das faxinas que faz com as extorsões quem vêm do presídio. A aposentada também se tornou uma prisioneira. Antes ela levava uma feira toda semana para o filho, mas descobriu que ele não recebia nada. Agora ela paga pelas refeições. Existe uma pensão dentro do complexo, onde Edimar pode comer graças à aposentadoria da mãe.

Dona Sebastiana também já gastou mais de R$ 1 mil para atender o que detentos exigem, e quando o dinheiro demora a chegar, o irmão é violentamente espancado. A polícia boliviana também espanca o preso brasileiro, que precisou receber atendimento médico. Depois que chegou a Villa Bush, ele perdeu um dente, teve uma costela fraturada e vive com o rosto inchado de tanto apanhar. Laudo do médico boliviano mostra que Edimar está com anemia crônica devido as hemorragias. A mãe tem medo de que o filho morra dentro do presídio.

Agora o ápice das exigências aconteceu no mês passado. Após a visita da família, um dos presos bolivianos está exigindo que uma das irmãs de Edimar tenha relações sexuais com ele. Como a mulher, que é casada, disse não, ele foi espancado e as imagens enviadas para o celular dela.

Com medo de acontecer o pior com o filho, a mãe já foi ao consulado boliviano, mas não conseguiu nada. Falou com autoridades de Cobija, mas as agressões continuam e o atendimento médico ao filho é deficitário. O sonho da genitora é ver o filho cumprindo pena no Brasil ou, ao menos que a situação degradante cesse.

Se não conseguir mudar essa situação, a família, que mora em Brasileia, pretende fazer um grande protesto e a primeira medida será o fechamento da fronteira para chamar a atenção das autoridades dos dois países.

Comentários

Continue lendo

Extra

Justiça de Cobija condena homem a 20 anos de cadeia por tentar estuprar e matar menor de 13 anos

Publicado

em

Cidade de Cobija, capital do estado de Pando (Bolívia) – Foto: Alexandre Lima

O Promotor Departamental de Pando, Marco Peñaranda, informou que, em audiência de julgamento oral, o Tribunal de Sentença nº 2 determinou a pena de 20 anos de prisão contra Jesús P.A., 33 anos, autor dos crimes de ‘Feminicídio em Grau de Tentativa e Agravo de Violação de Criança, Menina, Menino ou Adolescente’, cometido contra uma menor de 13 anos na cidade de Cobija, no estado vizinho de Pando.

O Ministério Público demonstrou com provas convincentes a responsabilidade do sujeito nos ataques, pelo qual deve cumprir sua pena na prisão de Guayaramerín.

“De acordo com as investigações, o sujeito morava no mesmo bairro da vítima e na manhã de fevereiro de 2021, o homem entrou na casa da menor, foi até o quarto dela e tentou agredi-la sexualmente, mas como a vítima recusou e tentou pedir ajuda da mãe, o homem começou a esfaqueá-la em várias partes do corpo. Esses fatos foram corroborados com as provas que foram colhidas durante a fase preparatória do processo e expostas durante o julgamento oral, onde Jesús Pimentel, ao ser descoberto, acabou por admitir ser o autor dos crimes (…)”, declarou Peñaranda.

Por sua vez, a promotora designada para o caso, Patricia Romero, afirmou que o evento ocorrido em fevereiro de 2021, a menor dormia em seu quarto com sua sobrinha, enquanto o pai da menor descansava em outro cômodo do imóvel.

O acusado entrou no quarto violentamente da menor e tentou estuprá-la, a adolescente gritou por socorro, então o sujeito a esfaqueou nos braços e nas pernas e tentou sufocá-la.

Após ser alertada, a mãe do menor foi até o quarto e o sujeito fugiu. Transferiram a adolescente para um hospital e posteriormente registraram queixa junto às autoridades, que condenaram o sujeito a 20 anos de prisão no dia 2 de julho.

Com informações de RedUno

Comentários

Continue lendo

Em alta