Conecte-se conosco

Extra

Vídeo: Ação integrada consegue recuperar caminhonete de deputada do Acre e prender um dos envolvidos

Publicado

em

Uma ação onde envolveu a Polícia Militar, equipe do Grupo Especial de Fronteira e Polícia Federal, resultou na recuperação de um veículo pertencente a deputada federal Perpétua Almeida por volta da meia-noite desta sexta-feira, dia 22, no km 7 da BR 317 próximo a cidade de Epitaciolândia.

Segundo foi apurado, um motorista da deputada que estava na companhia de sua esposa, teriam sido abordados pelos bandidos por volta das 21h30 na cidade de Rio Branco. Ambos foram amarrados e deixados em cativeiro, enquanto uma mulher se encarregava de levar o veículo para a fronteira com a Bolívia.

Mulher receberia R$ 2.000 reais para entregar o veículo em Cobija.

Após saberem que a caminhonete modelo VW/Amarok, placas QLV 6449 passara pelo entroncamento de acesso à Xapuri, distante cerca de 55km da fronteira, foi montado uma barreira nas proximidades de Epitaciolândia e realizaram a abordagem.

Uma mulher identificada Thaisa Silva do Nascimento, de 24 anos, foi detida na ação. A mesma confessou que havia sido contratada para fazer o “corre” na Capital, e assim que entregasse o veículo para um boliviano apenas identificado como “Polaco” na praça da cidade de Cobija, receberia cerca de R$ 2.000 reais transferidos via Pix.

Foi informado pela deputada que o motorista identificado como Sidomar e sua esposa, Joelma, foram abordados no Bairro Tancredo Neves pelos bandidos e deixados amarrados em um matagal, enquanto levavam o carro para a fronteira.

A mulher detida relatou que esse não seria o primeiro “corre” e que havia feito outros. Após ser presa em flagrante delito, foi conduzida para a delegacia de Epitaciolândia para ser ouvida e depois ficará a disposição da Justiça.

A Comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar no Alto Acre, Major Ana Cássia, falou sobre o caso.

 

Comentários

Extra

Produtor de frango tem prejuízo de aproximadamente R$ 150 mil devido queda de energia

Publicado

em

Produtor Alcimar se deslocou até a cidade para prestar queixa e procurar advogado, já que a Energisa não prestou ajuda – Foto: Alexandre Lima

O produtor de frango que mora no km 20 da Estrada Velha, Ramal Chico Mendes, Colônia Sossego, na zona rural de Epitaciolândia, teve um prejuízo de aproximadamente R$ 150 mil reais cerca de dois dias atrás, quando sua propriedade sofreu um apagão na energia elétrica que durou cerca de seis horas.

Segundo o proprietário, Alcimar de Souza, tudo aconteceu na madrugada de domingo para segunda-feira desta semana. Foi pego de surpresa com a queda da energia que abastece os galpões onde cria frangos para o abatedouro localizado na fronteira.

16 mil frangos não suportaram cerca de 6 horas no calor e morreram – Foto: Cedida

Conta que ainda conseguiu salvar cerca de 6 mil frangos, mas, já deveria entregar quase todos para o abate na semana que vem. Reclama que entrou em contato com a empresa e não recebeu nenhuma ajuda, a não ser, conselho para descartar por conta própria, todos os frangos mortos.

Graças a ajuda de vizinhos, foi possível retirar todos do local e jogar em um buraco cavado na propriedade. Seu Alcimar se deslocou até a cidade de Epitaciolândia, onde prestou queixa e procurou um advogado, para entrar com o um processo contra a empresa Energisa e tentar ser ressarcido do prejuízo que lhe foi causado.

“Somente mês que vem, já tenho uma parcela pra pagar de R$ 26 mil no banco. Além de outras contas como energia e demais despesas. Peço a Deus para poder ter esse ressarcimento e cobrir o prejuízo devido essa falta de energia”, desabafou.

Veja matéria completa em vídeo com o produtor abaixo.

Comentários

Continue lendo

Extra

Inquérito de cocaína apreendida em van segue em segredo de justiça

Publicado

em

Por Raimari Cardoso

Segue em segredo de justiça o procedimento investigativo aberto há mais de três meses pela Polícia Civil de Brasiléia que resultou na apreensão de 156 quilogramas de cocaína pura, ocorrida na última quinta-feira (2), na BR-317. A apreensão foi feita pelo Grupo Especial de Fronteira (Gefron).

A droga estava sendo transportada por um homem de 27 anos, de iniciais S.A.C., que se dirigia a Rio Branco como passageiro de um veículo da Secretaria Municipal de Saúde de Brasiléia que faz o transporte de pacientes renais para a realização de sessões de hemodiálise ou consultas na capital. Ele era um desses pacientes.

A polícia investiga se o acusado, que já teve a sua prisão em flagrante convertida para prisão preventiva, teve ajuda de outras pessoas para transportar a droga. Ele embarcou no carro oficial, supostamente sozinho, cinco bolsas abarrotadas do entorpecente classificado como de alta pureza por perícia feita pela Polícia Federal.

A delegada responsável pelo caso, Carla Ivane de Britto, que também é coordenadora da Polícia Civil na Regional do Alto Acre, disse ao ac24horas que por haver outras pessoas envolvidas, o procedimento segue em curso, não sendo desconsiderados nenhum dos que figuram como suspeitos.

“Esse procedimento segue em instrução (coleta de indícios e realização de oitivas) e em segredo de Justiça com o intuito de não atrapalhar as investigações e outros desdobramentos. Ressalto que por haver outras pessoas envolvidas, o nosso trabalho segue em curso, não se desconsiderando nenhuma das pessoas que temos como suspeitos”, explicou.

 

A delegada ainda informou que solicitará ao Judiciário a disponibilização das informações obtidas quando da lavratura do flagrante pela Polícia Federal para acrescentar o que for relevante ao procedimento da Polícia Civil que tramita na Delegacia Geral de Brasiléia.

Pelas investigações feitas até o momento, a droga teria como destino a capital cearense, Fortaleza, onde poderia, pelo grau de pureza, ser comercializada por até R$ 40 mil o quilograma, que renderia ao crime um montante superior a R$ 7 milhões, segundo estimou o coordenador do Gefron, delegado Rêmulo Diniz.

Comentários

Continue lendo

Extra

Prefeitura de Epitaciolândia é a primeira a anunciar reajuste salarial para todos os servidores a partir de 2022

Publicado

em

Prefeito de Epitaciolândia, Sérgio Lopes (PSDB) – Foto: Divulgação

Em vídeo, o prefeito Sérgio Lopes, anunciou na manhã desta terça, dia 07, reajuste salarial para todos os servidores municipais a partir de janeiro de 2022, todos terão um aumento de 25% nos salários base.

Em determinado casos, alguns servidores devido a carreira funcional e o tempo de serviço o reajuste poderá chegar a casa dos 40%, de acordo com a atualização da tabela e fatores de progressão salarial.

Outra boa notícia dada pelo chefe do executivo é o aumento de 5 para 10% para a progressão e mudança de letra, equiparando aos servidores da educação que já recebem esse percentual a cada três anos de tempo de serviço.

Prefeito esteve reunido com vereadores em seu gabinete – Foto: divulgação

Sérgio Lopes anunciou ainda o aumento de 31,3% para os professores, que desde março deste ano recebem o piso salarial do magistério.

“É com muita alegria que hoje estamos dando essa notícia para os nossos servidores, vamos conceder a partir de janeiro de 2022, 25% de aumento sobre o salário base para todos os servidores, e para os professores de acordo com o piso nacional do magistério estipulado pelo Fundeb, o aumento será de 31,3%. Com isso, estamos cumprindo a nossa promessa de campanha que é a valorização profissional de nossos servidores”, destacou Sérgio Lopes.

O Prefeito protocolou o projeto de lei na Câmara Municipal de Vereadores e pediu urgência urgentíssima para a que a Casa aprecie e coloque em votação, dando legitimidade ao reajuste para todos os servidores municipais de Epitaciolândia.

Veja a matéria em Vídeo:

Comentários

Continue lendo

Em alta