aO senador Sérgio Petecão (PSD-AC) contestou informações que ligavam seu nome como o autor das denuncias sobre a distribuição irregular de carteiras de pescador em seu estado. Ele citou notícias de jornais e redes de televisão sobre investigação da Polícia Federal e do Ministério Público a respeito de denúncias de troca de votos pelos documentos que dão direito ao seguro-defeso, um benefício em dinheiro que é concedido aos pescadores nos períodos de pesca proibida. A prática irregular teria beneficiado candidatos eleitos no pleito deste ano.

– Pelas informações que nós temos, pelo trabalho que está sendo feito pela Polícia Federal, eu quero acreditar que vai gente para a cadeia, porque as denúncias são muito fortes – afirmou o senador.

Petecão ressaltou que não tem relação com o grupo político ligado às fraudes, e criticou parte da imprensa, que, diante da denúncia, vasculhou sua vida por motivos não relacionados.

O senador destacou a importância do seguro-defeso no Acre para a subsistência dos pescadores, mas, segundo ele, nos “quatro cantos” do Acre é bem conhecido o esquema de troca de votos por carteiras de pescador. Ele sublinhou que é dever do cidadão denunciar a ocorrência de irregularidades no programa social.

Comentários