Conecte-se conosco

Acre

Voo com 7,2 mil doses da vacina da Pfizer para crianças de 5 a 11 anos chega ao Acre

Publicado

em

Vacinas chegaram em Rio Branco por volta das 22h20 desta sexta-feira (14) no horário local, em um voo comercial.

O primeiro lote com 7,2 mil doses da vacina da Pfizer destinada a crianças de 5 a 11 anos chegou ao Acre na noite desta sexta-feira (14), por volta das 22h20 no horário localA primeira informação é de que o voo da Latam que traria as doses chegaria ao estado acreano na noite de quinta-feira (13), mas o avião pousou sem a carga.

Houve impasse na nova divulgação da data nova, já que Latam, empresa responsável pelo transporte, informou ao g1 que a carga deveria ser enviada a Rio Branco ainda nesta sexta, assim como a Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre). Porém, o Ministério da Saúde passou outra data que seria sábado (15) às 21h50.

As vacinas que chegam neste primeiro momento representam somente 6% do público de crianças que devem ser imunizadas no estado. A estimativa da Secretaria de Saúde do Estado (Sesacre) é vacinar aproximadamente 120 mil crianças de 5 a 11 anos.

A previsão inicial era de que as doses chegariam ao Acre na próxima terça-feira (18), segundo informou ao g1 a gerente do PNI estadual, Renata Quiles. Mas, a data foi adiada.

Após a chegada na Central, em Rio Branco, as doses vão estar disponíveis para os municípios do interior do estado de 24 a 48 horas. “A vacinação deve iniciar no interior somente na segunda [17].”

A Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, em 16 de dezembro, a vacinação de crianças de 5 a 11 anos.

Casos e internações

 

No último boletim, divulgado pela Sesacre, nesta sexta-feira (14), o Acre chegou ao número de 89.529 infectados. Foram 285 novos casos em 24 horas. Nenhum óbito foi registrado, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 permaneça 1.854 em todo o estado.

Em todo o estado, há três pessoas internadas nos leitos de UTI do estado, que são, ao todo, 20 – sendo 10 em Rio Branco e mais 10 em Cruzeiro do Sul. A taxa de ocupação de UTI é de 15%.

Mesmo com salto de 171 casos de Covid-19 em dezembro para 804 somente em 13 dias de janeiro, a Secretaria Estadual de Saúde do Acre (Sesacre) informou que a vacinação tem reduzido o número de internações no Acre.

Nesta sexta-feira (14), Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Acre (Into-AC) conta apenas com dois pacientes internados na enfermaria e outros três na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A secretária de Saúde do Acre, Paula Mariano, disse que a vacina tem contribuído para a redução dos casos graves e internações e afirmou que ficam mantidos no estado o uso de máscaras e dos demais cuidados para prevenção da doença. Ela pontuou também que ainda não foi confirmado nenhum caso da variante Ômicron.

Emergência e restrição de testes em Rio Branco

 

A secretária de Saúde de Rio Branco, Sheila Andrade Vieira, deu coletiva na manhã dessa quinta-feira (13) para anunciar novas medidas com relação ao combate e prevenção de Covid-19 no município. A gestora alertou que a capital acreana está com aumento dos casos e enfrenta a terceira onda de Covid-19, além de um surto de gripe.

A equipe de saúde se reuniu com o promotor Gláucio Ney Shiroma Oshiro para debater novas medidas e foi decidido:

  • Restringir testes de Covid somente para sintomáticos ;
  • Convocar cerca de 18 médicos que seguem em greve;
  • Suspender férias, licença-prêmio e folgas de todos os servidores da Saúde;
  • Tornar a Unidade Cláudia Vitorino como o segundo ponto de referência para atendimentos de gripe, das 7h às 22h;
  • Intensificar os atendimentos pelo Telessaúde (O atendimento pode ser feito via telefone, ligando para o (68) 3216-2400, de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h, e aos finais de semana e feriados, das 8h às 17h, ou por chat nas redes sociais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) nesses mesmos horários.

 

A secretária informou que as decisões foram tomadas em caráter de emergência porque, segundo ela, a capital vem passando por um alto número de casos não só de Covid, mas também de gripe.

Na segunda (10), o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, decretou situação de emergência na capital devido ao aumento de casos de gripe e também Covid-19, mesmo sem ter dados exatos sobre esse aumento. O decreto foi publicado na terça (11) no Diário Oficial do estado.

No último boletim da Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre), divulgado nesta quinta-feira (13), o estado acreano registrou, em 24 horas, 431 casos novos de Covid. Ao todo, são 89.244 infectados em todo o estado e deste total 39.154 estão em Rio Branco

Treinamento

 

As equipes de saúde, tanto da capital como do interior do estado, já começaram a receber capacitação necessária para imunizar esse grupo desde a última sexta-feira (7). O treinamento é feito de forma on-line.

O PNI do Acre tem um cronograma de treinamento das equipes e não haverá cadastramento de crianças. Alguns estados brasileiros fizeram o cadastro de crianças enquanto esperam o envio de doses do governo federal. .

Não será exigida receita médica

 

O Acre não vai exigir prescrição médica para vacinar crianças entre 5 e 11 contra a Covid-19, segundo a Sesacre. Em dezembro do ano passado, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, chegou a afirmar que recomendaria a cobrança do documento.

No último dia 5, o Ministério da Saúde divulgou as regras para a vacinação de crianças de 5 a 11 anos – e abriu mão da exigência de receita médica para imunização desta faixa etária.

De acordo com o governo, a vacinação infantil ocorrerá:

  • em ordem decrescente de idade (das crianças mais velhas para as mais novas), com prioridade para quem tem comorbidade ou deficiência permanente e para crianças quilombolas e indígenas;
  • sem necessidade de autorização por escrito, desde que pai, mãe ou responsável acompanhe a criança no momento da vacinação;
  • com intervalo de oito semanas – um prazo maior que o previsto na bula, de três semanas.

Comentários

Acre

Divisa do Acre com Amazonas e Rondônia lidera ranking de desmatamentos na Amazônia

Publicado

em

Foto: Ilustrativa/Reprodução

O Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) divulgou nesta quarta-feira (17) novos dados sobre o desmatamento na Amazônia.

Os números apontam que a área de floresta desmatada da Amazônia Legal em 2022 foi a maior dos últimos 15 anos.

A Amazônia Legal compreende 59% da Amazônia brasileira e é composta pelo Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e uma parte do Maranhão.

Os satélites do Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD) mostram que entre agosto de 2021 e julho de 2022, foram derrubados 10.781 km² de floresta, o que equivale a sete vezes a cidade de São Paulo.

Ainda de acordo com os dados, 36% do desmatamento ocorreu na região Amacro, que engloba as divisas do Amazonas-Acre-Rondônia, onde grandes áreas desmatadas têm ocupado florestas públicas não destinadas e áreas protegidas, onde o desmatamento cresceu 29% se comparado ao ano anterior. Muito acima do crescimento de toda a Amazônia, onde a porcentagem foi de 3%.

Comentários

Continue lendo

Acre

Tribunal de Contas do Estado reajusta diárias de conselheiros e servidores

Publicado

em

Tribunal de Contas do Estado reajusta diárias de conselheiros e servidores

O presidente do Tribunal de Contas do Estado, Ronald Polanco, publicou nesta quarta-feira, 17, no Diário Eletrônico do Órgão uma resolução que reajusta os valores das diárias pagas aos integrantes da Corte de Contas e demais servidores.

Segundo o anexo, Conselheiro, Conselheiro Substituto e Procurador receberão para fora do Estado uma diária de R$ 1.418,49, para eventos dentro do Estado, R$ 709,24. Já os diretores receberão o equivalente a 74% da diária de Conselheiro, chefes de gabinete, assessores técnico equivalente a 50% e Auxiliar Técnico, Agente Técnico, Motorista e demais recebem 50% de uma diária de conselheiro.

O valor da diária dos Conselheiros, dos Conselheiros Substitutos e dos Membros do Ministério Público de Contas e dos demais servidores, quando o deslocamento se der para fora do País, corresponderá a U$$567,49, convertido em mais de R$ 3 mil reais.

O valor da diária dos servidores do Tribunal de Contas do Estado do Acre está fixado no Anexo I da presente Resolução, tomando-se por base o valor da diária atribuída aos Conselheiros, no percentual ali definido, arredondando-se o valor para maior ou para menor se houver valores em centavos, entendidos que a menor em caso de valor menor que R$ 0,50 e a maior nos demais casos

Nos casos em que o beneficiário se afastar da sede de serviço, acompanhando os Conselheiros, Procuradores e Diretores, o valor de sua diária corresponderá à diária percebida pela autoridade acompanhada.

Comentários

Continue lendo

Acre

Câmara Criminal mantém condenação de integrante de facção criminosa

Publicado

em

Os membros da Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) mantiveram a condenação de um integrante de facção criminosa a nove anos, sete meses e 15 dias de reclusão, em regime inicial fechado. Além disso, o réu precisará pagar 246 dias-multa.

A relatora do caso foi a desembargadora Denise Bonfim que votou por rejeitar todos os argumentos apresentados pela defesa do réu. O réu desejava que a sentença emitida na Vara de Delitos de Organizações Criminosas da Comarca de Rio Branco fosse reformada.

A defesa do homem pedia a absolvição do crime de integrar organização criminosa por falta de provas e solicitou a reavaliação das condições agravantes e também da pena-base. Contudo tais pedidos foram negados.

Voto da relatora

Conforme, esclareceu a desembargadora-relatora, no celular apreendido constavam informações de todas as pessoas que estavam filiadas à organização criminosa, incluindo o nome do réu. Essa prova junto com o depoimento do acusado sustentam a condenação do apelante.

Já sobre os outros pedidos feitos pelo réu, a magistrada rejeitou. Segundo relatou Denise Bonfim tanto as agravantes consideradas para o aumento da penalidade, quanto a quantidade de pena-base fixada foram suficientemente embasadas nos elementos do processo.

A desembargadora concordou com a sentença do 1º Grau, discorrendo que organizações criminosas são violentas e geram consequências ruins para a sociedade, com a prática de diversos crimes.

“No caso concreto, esta circunstância transcendeu às condições normais para o tipo normativo, visto que se está diante de organização criminosa de extrema periculosidade (…), com abrangência em todo o território nacional, composta por inúmeros integrantes e com a finalidade voltada para a prática de diversos crimes graves em desfavor da nossa sociedade”, escreveu Bonfim.

 Emanuelly Falqueto | Comunicação TJAC

Comentários

Continue lendo

Em alta